Mais divertida que cachaça: Nectarina (SP) lança novo single

Saiu pro mundo a faixa “Cabelera”, que prepara o terreno para novo álbum


Beba água, coma uma fruta, pegue voo com as substâncias. Receita básica de bem-estar para um cotidiano de suaves experimentações.

Prima vizinha do pêssego, a nectarina é resultado de uma mutação. Doce que chega a pingar viagens, o nome e sensação da fruta intitula o projeto idealizado por Marco Antônio Gallo (Eletrogallo para os íntimos). O músico e compositor paulista idealizou o Nectarina para ser carregado de diferentes encontros a cada trabalho, trazendo uma aura de construção coletiva para a coisa toda.

A banda lisérgica da fruta mutante se prepara para o lançamento de seu segundo trabalho, o álbum Prazer Imediato, que foi gravado durante o período de pandemia na cidade natal dos integrantes. Foi numa casa vazia em Marília, São Paulo, que tudo tem ganhado forma e agora eles lançam o primeiro single dessa nova fase.

“Cabelera” é um single facilitador de derretimento, pintando notas e timbres distorcidos e sensoriais. O começo e decorrer da faixa estouram com tudo, malemolência pro corpo fugir do marasmo de não dançar gostoso e esquisito, bem solto.


Recortes como “eu dou risada das suas piadas/ toda engraçada/ você é uma graça” não pedem compromisso com um caminho interpretativo, focando apenas em discorrer das boas sensações e impressões que alguém traz.

“Mais divertida que cachaça/ a mais bonita de qualquer praça/ quero levar você pra casa” se posicionam derretendo declarações, como rir à toa a dois no meio da madrugada. Temperados com os brindes de qualquer dose, qualquer teor, qualquer lugar em meia luz e com gente que dança além dos pés. Sabe essa sensação boba de satisfação na noite? Pois é. Nectarina arquiteta com muita brisa em seu novo single as recordações sensoriais que remetem à isso: o encontro com pessoas mais inebriantes que pinga subindo à cabeça.



Nectarina é parte da cena independente de rock alternativo e mistura diferentes sabores: influências de Rita Lee a Júpiter Maçã, Cachorro Grande a John Frusciante e Tame Impala. A estética é a do desapego de definições congeladas, de forma a convidar muitas décadas e referências distintas num só gole. Suas composições acabam por pensar em voz alta o amor, as emoções e vivências com um toque de intensidade e êxtase.

A construção e despontar do Nectarina aconteceu em parceria com a multi-instrumentista Mariana Guerra Castro, que tomou conta da bateria, percussão e backing vocals. O primeiro EP do projeto, o Desfrute, saiu pro mundo em 2019 e marcou presença imediata em dois dias da SIM São Paulo.

No palco atual, Nectarina conta com a atuação de Eletrogallo nas guitarras e vozes, Gabriel Bastazini nas guitarras e backing vocals, Gustavo Nunes no baixo e synth, Fernando Almeida no synth e baixo e Leo Possani na bateria.

Já pode riscar como lembrete de rodapé: Prazer Imediato está nos preparos para lançamento em julho de 2021.

Direto dos pomares digitais, ouçam agora “Cabelera”, do Nectarina (SP):











FICHA TÉCNICA

Produção por Thiago Zanolli

Arte de capa por Gabriel Dantas

Gallo - Composição/voz/guitarras Grassi - bateria

Gustavo Nunes - baixo

Selo: Cena Cerrado Brasil